Qualidade de Vida é um conceito amplo onde inclui bem estar físico, emocional, social e espiritual. Muitas vezes os tratamentos oncológicos como quimioterapia, radioterapia, cirurgia, hormonioterapia, entre outros, podem causar alguns efeitos colaterais que podem interferir na qualidade de vida do paciente.
É importante que o paciente procure fazer atividades que lhe tragam prazer e o mantenham ativos. Preste atenção se houver muita tristeza, isolamento, sonolência, esquecimento, choro fácil, pois esses sintomas podem sinalizar um quadro depressivo que é comum em pacientes oncológicos.
Mantenha-se ativo, muitas vezes não há restrição ao trabalho, saia com amigos, conviva com sua família, participe de grupos de discussão, isso tudo o ajudará durante o tratamento.
O exercício físico traz uma sensação de bem estar, além de ajudar o paciente a se sentir bem e manter o peso durante o tratamento. Esclareça com o seu médico se há alguma restrição no seu caso e que tipo de exercício é recomendado para você.
Procure fazer atividades em que você terá convivência com outras pessoas, isso o(a) ajudará a passar pela fase de tratamento com mais facilidade.
Uma das coisas importantes durante o tratamento e o seguimento, é que se mantenha uma alimentação saudável, balanceada, rica em frutas e verduras, com bastante líquidos.
Em casos de pacientes que usam sonda nasoenteral ou gastrostomia, ou mesmo aqueles que estão perdendo peso rapidamente, é sempre importante acompanhar com um nutricionista para que esse profissional possa indicar suplementos alimentares se necessário.
Alguns tumores e algumas cirurgias podem deixar algumas sequelas ou restrições de movimento de algum membro. A fisioterapia nesses casos pode ajudar bastante na recuperação. Converse com o seu médico se no seu caso há indicação de se realizar fisioterapia.