O que é a Crioterapia capilar e como funciona?

O que é a Crioterapia capilar e como funciona?

A crioterapia capilar nada mais é do que um procedimento novo no mercado medicinal que promete estimular os folículos capilares do couro cabeludo e preservar os cabelos das pacientes com câncer, mesmo durante o tratamento quimioterápico.
Ele é possível a partir de uma técnica de resfriamento brusco dos tecidos da região, que visa dilatar os vasos sanguíneos e melhorar a circulação local, o que, por sua vez, potencializa a nutrição dos folículos pilosos, evitando a perda dos fios da paciente que luta contra a doença.

A crioterapia pode ser realizada com neve carbônica (gás de carbono) ou com nitrogênio líquido, que são levados ao couro cabeludo através de uma touca gelada (em temperatura média de 4 °C), que resfria a região e promove a contração dos vasos sanguíneos. O resultado é uma espécie de capa protetora que preserva os folículos pilosos e reduz ou até anula os efeitos colaterais da quimioterapia no que diz respeito à queda do cabelo.

O principal objetivo do procedimento é, na verdade, preservar também a autoestima das mulheres que lutam contra a doença no dia a dia, que podem se sentir mais bonitas e femininas ao não passar pela triste perda dos cabelos durante o tratamento. Assim, evita-se ainda situações como depressão e discriminação pelas quais passam as pacientes.

Quem pode fazer?
De um modo geral, a Crioterapia Capilar pode ser aplicada em pacientes diagnosticados com qualquer tipo de câncer e que estejam passando pelo tratamento quimioterápico, tendo a mesma eficiência em todos os casos. No entanto, a técnica não é indicada para mulheres que sofram com câncer hematológico, como a leucemia e o linfoma. Além disso, pacientes que possuem alergia no couro cabeludo também não podem aderir ao tratamento.

Por esses e outros motivos é que eles são considerados um símbolo da essência feminina, um sinônimo de auto-estima e sensualidade para quem é vaidosa, gosta de cuidar da aparência e se aventurar em tendências e possibilidades para mudar as madeixas.

Entre em contato


Dicas

Qualidade de Vida é um conceito amplo que inclui bem-esta físico, emocional, social e espiritual. Muitas vezes os tratamentos oncológicos como quimioterapia, radioterapia, cirurgia e hormonioterapia, entre outros, podem causar alguns efeitos colaterais que podem interferir na qualidade de vida do paciente.
É importante que o paciente procure fazer atividades que lhe tragam prazer e o mantenha ativo. Preste atenção se houver muita tristeza, isolamento, sonolência, esquecimento, choro fácil, pois esses sintomas podem sinalizar um quadro depressivo que é comum em pacientes oncológicos.
Mantenha-se em atividade. Em muitos casos não há restrição ao trabalho. Saia com amigos, conviva com sua família e participe de grupos de discussão. Isso tudo te ajudará durante o tratamento.
Dicas

Na Mídia

Em Sorocaba, um equipamento está mudando a vida de quem enfrenta o duro tratamento contra o câncer, principalmente a das mulheres. É uma touca que fica ligada a uma máquina. Ela resfria o couro cabeludo e impede que os cabelos caiam durante a quimioterapia. Acompanhe na reportagem.

Vídeos

Blog