Orientação ao paciente em quimioterapia

Existem algumas coisas que o paciente que está em quimioterapia precisa prestar atenção, por exemplo:

1. Febre

É considerado febre a temperatura acima de 37.8oC. Todo paciente em quimioterapia pode ficar com a imunidade baixa pelo efeito do tratamento, é o que chamamos de neutropenia. Se ele/ela apresentar febre durante o tratamento com quimioterapia é importante que se procure o médico para avaliar a necessidade ou não de antibiótico, bem como internação.

2. Mucosite

Mucosite são aftas que aparecem na cavidade oral do paciente em quimioterapia e naqueles que fazem radioterapia de cabeça e pescoço. Normalmente, existem bochechos que são recomendados pelos médicos oncologistas para o tratamento da mucosite. Para pacientes em radioterapia, pode-se também indicar aplicação de laser.
Evite ingerir alimentos ácidos e muito quentes, prefira os frios ou gelados e de consistência pastosa.

3. Náuseas e vômitos

Náusea e vômito são sintomas muito comuns em quem faz quimioterapia. Atualmente existem medicamentos modernos para o tratamento desses sintomas.
Procure o médico se a náusea e/ou o vômito forem muito importante que impeçam a ingestão de líquidos e medicamentos.

4. Diarréia

A diarréia também pode ser comum com alguns tipos de quimioterapia, e para pacientes que fazem radioterapia de reto, colo de útero, bacia, entre outros. É importante lembrar de ingerir bastante líquidos, evitar alimentos que soltem o intestino, e tomar a medicação prescrita pelo seu médico.

5. Queda de Cabelo (Alopécia)

Não é toda quimioterapia que causa queda de cabelo. As principais medicações para o tratamento do câncer de mama causam alopécia. Existem perucas e lenços que ajudam nessa fase, pois o cabelo voltará a nascer assim que o tratamento terminar.
Use shampoo e/ou sabonete neutros, e evite a exposição solar.

6. Fadiga

Fadiga é o cansaço, fraqueza, causados pela quimioterapia. É um sintoma de difícil tratamento, que melhora devagar após o término da quimioterapia.
É importante tentar manter um exercício físico leve durante o tratamento para ajudar a melhorar a fadiga.
Converse com o seu médico se a fadiga for extrema a ponto de impedi-lo(a) de realizar pequenas tarefas diárias.

7. Neuropatia

Neuropatia é a sensação de dormência, formigamento que pode ocorrer nas mãos e nos pés com alguns tipos de quimioterapia. Normalmente, conforme o tratamento continua, esse sintoma tende a piorar, com melhora após o término da quimioterapia. Porém, muitas vezes, uma leve dormência pode persistir mesmo após o término do tratamento.
Converse com o seu médico para saber se há alguma medicação indicada para o tratamento desse sintoma.

8. Alteração visual e da memória

É muito comum os pacientes que estão em quimioterapia se queixarem de que a visão ficou mais turva e que estão mais esquecidos. Esses também são sintomas causados pela quimioterapia.

É sempre bom procurar um oftalmologista para excluir outras causas de visão turva.
É importante que o paciente mantenha-se ativo, lendo, exercitando a memória para diminuir o esquecimento.