Preparando-se para a Quimioterapia

Preparando-se para a Quimioterapia

A quimioterapia pode ter um esquema diferente para cada paciente, tipo de câncer e estadiamento. Você pode ser tratado apenas com um tipo de medicamento ou com uma combinação de vários quimioterápicos. A quimioterapia é administrada em ciclos, com cada período de tratamento seguido por um período de descanso, para permitir que o corpo possa se recuperar. Cada ciclo de quimioterapia dura em geral algumas semanas. A quimioterapia pode ser realizada isoladamente ou em conjunto com a cirurgia ou radioterapia.
Administração da Quimioterapia
Dependendo do tipo de medicamentos a serem administrados e dose, o tratamento poderá ser realizado em um dos seguintes locais:
• Residência do paciente;
• Consultório médico;
• Hospital ou clínica;
• Ambulatório.
A forma de administração dos medicamentos depende do tipo de quimioterápico a ser utilizado, podendo ser:
• Comprimido ou cápsula;
• Creme ou gel, aplicado diretamente sobre a pele;
• Injeção ou infusão.

Algumas vezes, o medicamento será administrado através de um cateter, previamente inserido numa veia grande localizada no tórax. Esse cateter é mantido no local durante o tempo necessário para a realização do tratamento. O cateter implantado sob a pele se denomina Port-a-cath. Para o tratamento, uma enfermeira insere uma agulha diretamente no cateter para a administração do medicamento.
O quimioterápico também pode ser administrado diretamente no interior do tumor, via intravenosa ou por meio de um “disco” implantado no tumor para a liberação contínua do medicamento ao longo do tempo.

Entre em contato


Dicas

Qualidade de Vida é um conceito amplo que inclui bem-esta físico, emocional, social e espiritual. Muitas vezes os tratamentos oncológicos como quimioterapia, radioterapia, cirurgia e hormonioterapia, entre outros, podem causar alguns efeitos colaterais que podem interferir na qualidade de vida do paciente.
É importante que o paciente procure fazer atividades que lhe tragam prazer e o mantenha ativo. Preste atenção se houver muita tristeza, isolamento, sonolência, esquecimento, choro fácil, pois esses sintomas podem sinalizar um quadro depressivo que é comum em pacientes oncológicos.
Mantenha-se em atividade. Em muitos casos não há restrição ao trabalho. Saia com amigos, conviva com sua família e participe de grupos de discussão. Isso tudo te ajudará durante o tratamento.
Dicas

Na Mídia

Palestra sobre crioterapia capilar para reduzir a queda de cabelo em pacientes submetidos à quimioterapia realizada pela Dra. Cláudia Grandino Latorre na Liga Sorocabana de Combate ao Câncer em 19 de junho de 2018.

Vídeos

Blog