Qual a diferença entre Radioterapia e Quimioterapia?

Qual a diferença entre Radioterapia e Quimioterapia?

O câncer é uma doença que intriga muito cientistas e médicos. Existem vários tipos de câncer que não possuem uma causa conhecida. O que se sabe é que as células começam a se “comportar” de maneira “errada” prorrogando para o surgimento de tumores que acabam por atrapalhar o funcionamento de um ou mais órgãos, dependendo da sua evolução. Por isso, existem dois tratamentos que combatem o câncer, a quimioterapia e a radioterapia. Mas afinal de contas, qual a diferença destes tratamentos?

Cada um desses tratamentos é utilizado de acordo com as características do câncer e do organismo do paciente. Para o início do tratamento, é importante que os médicos saibam exatamente como está o tumor, e assim começar o tratamento apropriado. Por isso, os médicos realizam exames de imagem, tais como: raio-x, tomografia computadorizada e ressonância magnética. Estes exames permitem que os médicos consigam visualizar com clareza as condições dos órgãos, a localização e o tamanho do tumor.

A quimioterapia é um método que utiliza vários medicamentos denominados como quimioterápicos, que combatem as células que estão produzindo o câncer, de modo a destruir os seus rastros e permitindo que estas células não se espalhem no organismo. Este é um tratamento que pode ser realizado em conjunto com a radioterapia e/ou uma cirurgia, podendo ser ministrada de maneira isolada ou combinada. Quando a quimioterapia utiliza medicamentos combinados, diminuem-se assim o risco de resistência a drogas, conseguindo desta forma, atingir diferentes fases de crescimento do tumor.

A radioterapia é um método que trata o local onde ainda não ocorreu metástase, isto é, que ainda não se encontra em fase avançada e nem se alastrou pelo organismo atingindo outros órgãos. Este procedimento utiliza descargas de radiações no tumor que danifica o DNA das células, impedindo assim a sua reprodução. O interessante e formidável da radioterapia, é que os danos causados no DNA das células são passados para as demais. Sendo assim elas morrem ou se reproduzem de forma mais lenta.

A radioterapia é muito eficaz em conjunto com a quimioterapia. Enquanto a quimioterapia atua no organismo como um todo, a radioterapia visa combater uma região específica, tornando possível a interrupção da reprodução das células, e por sua vez, proporcionando a cura do paciente.

Fonte: Portal Educação

Entre em contato


Dicas

Uma das coisas importantes durante o tratamento e o seguimento, é que se mantenha uma alimentação saudável, balanceada, rica em frutas e verduras, com bastante líquidos.
Em casos de pacientes que usam sonda nasoenteral ou gastrostomia, ou mesmo aqueles que estão perdendo peso rapidamente, é sempre importante acompanhar com um nutricionista para que esse profissional possa indicar suplementos alimentares se necessário.
Dicas

Na Mídia

Programa Entre Nós - Crioterapia Capilar

Vídeos

Blog