Sinais e Sintomas das Metástases Ósseas

Sinais e Sintomas das Metástases Ósseas

Às vezes, as metástases ósseas são encontradas em pessoas sem sintomas durante os exames de reestadiamento após o tratamento.

Muitos dos sintomas citados a seguir também podem ser causados por outros problemas além da disseminação da doença para os ossos. Ainda assim, é importante comunicar a seu médico quaisquer novos sintomas. Diagnosticar e tratar as metástases ósseas precocemente pode prevenir complicações posteriores.

  • Dor

A dor óssea é muitas vezes o primeiro sintoma da metástase óssea. Ela tende a piorar à noite e pode ser aliviada pelo movimento. Pode se tornar constante e pode prejudicar as atividades do paciente.

É importante comunicar a seu médico imediatamente sobre qualquer nova dor óssea. O osso pode estar frágil e com risco de fratura. Isso muitas vezes pode ser evitado se a metástase óssea é diagnosticada cedo. O seu médico solicitará exames de imagem, como raios X, para avaliar as alterações na região. Outras doenças, como infecções ósseas, artrite ou apenas o excesso de atividade também podem danificar o osso.

  • Fraturas

Os ossos enfraquecidos pela doença metastática podem fraturar. A fratura pode acontecer com uma queda ou lesão, mas um osso fraco também pode quebrar durante as atividades cotidianas. Essas fraturas muitas vezes causam dor súbita e intensa. Em alguns casos, a fratura é o primeiro sinal de metástase óssea.

Os locais mais comuns de fraturas são os ossos longos dos braços e pernas e os ossos da coluna vertebral. Dor repentina na coluna é um sintoma comum de fratura óssea na coluna vertebral.

  • Compressão da Medula Espinhal

O crescimento do câncer nos ossos da coluna vertebral pode pressionar a medula espinhal. Isso é denominado compressão da medula espinhal. A medula espinhal tem nervos que permitem que você se mova e sinta o que acontece com seu corpo. Alguns desses nervos também controlam outras funções, como o esvaziamento do intestino e da bexiga.

Um dos primeiros sintomas é o aparecimento de dor intensa nas costas ou no pescoço. A compressão da medula espinhal pode danificar seus nervos, levando a sintomas como dormência e fraqueza na área do corpo abaixo do tumor. Se não for tratada, o pacientes pode ficar paralisado. Na maioria das vezes, isso afeta as pernas, mas se o tumor também estiver pressionando a medula próximo ao pescoço, ambos os braços e as pernas podem ser afetados. Às vezes, o primeiro sintoma da compressão medular é dificuldade para urinar, e também pode se sentir constipado.

Compressão da medula óssea é uma emergência que deve ser tratada de imediato para evitar danos permanentes à medula espinhal.

  • Nível elevado de Cálcio no Sangue

Quando o câncer se espalha para os ossos, o cálcio pode ser liberado para a corrente sanguínea. Isto leva à hipercalcemia, que pode causar problemas, como prisão de ventre, náusea, perda de apetite e sede. Níveis elevados de cálcio aumentam a necessidade de urinar, levando à desidratação. Também pode deixar o paciente mais cansado, fraco, sonolento ou até mesmo confuso. Se a hipercalcemia não for tratada, o paciente pode entrar em coma.

Fonte: Oncoguia

Entre em contato


Dicas

Alguns tumores e algumas cirurgias podem deixar algumas sequelas ou restrições de movimento de algum membro. A fisioterapia nesses casos pode ajudar bastante na recuperação. Converse com o seu médico se no seu caso há indicação de se realizar fisioterapia.
Dicas

Na Mídia

O mês do Outubro Rosa, a Dra. Cláudia GrandinoLatorre (CRM: 120.061) gravou um vídeo para explicar como prevenir, tratar e curar o câncer de mama e o câncer de colo de útero. Ela falou da esperança encontrada nos tratamentos com tecnologias modernas, como a crioterapia, que evita a queda de cabelo em até 85% durante o tratamento. Siga nossas redes sociais e fique por dentro.

Vídeos

Blog