Sinais e Sintomas do Câncer de Vesícula Biliar

Sinais e Sintomas do Câncer de Vesícula Biliar

Os sinais e sintomas do câncer de vesícula biliar geralmente só se manifestam quando a doença já está em estágio avançado, mas em alguns casos podem aparecer em um estágio mais precoce, quando o tratamento pode ser mais eficaz. Alguns dos sintomas mais comuns do câncer de vesícula biliar são:

Dor Abdominal. Grande parte das pessoas com câncer de vesícula biliar tem dor abdominal quando diagnosticadas. Na maioria das vezes essa dor está localizada na parte superior direita do abdome.

Náuseas e Vômitos. Muitas pessoas referem a náuseas e vômitos no momento do diagnóstico.

Icterícia. A icterícia é uma condição que dá uma cor amarelada à pele e à parte branca dos olhos. Isso pode acontecer quando o tumor bloqueia o ducto biliar e a bile do fígado não pode ser drenada para o intestino. A bilirrubina, substância química da bile pode se acumular no sangue e se depositar em diferentes partes do corpo, dando um tom amarelado à região. Alguns pacientes com câncer de vesícula biliar apresentam icterícia quando diagnosticados.

Nódulos no Abdome. Se o tumor bloquear o ducto biliar, a vesícula biliar pode inchar se tornando maior que o normal. O câncer de vesícula biliar também pode se disseminar para partes próximas do fígado. O que pode ser sentida pelo médico como nódulos no lado direito do abdome. Eles também podem ser diagnosticados por exames de imagem, como o ultrassom.

Outros sintomas menos comuns incluem:

  • Perda de apetite;
  • Perda de peso;
  • Inchaço abdominal;
  • Febre;
  • Prurido intenso;
  • Fezes escuras;
  • Urina escura.

Todos esses sinais e sintomas também podem ser causados por outras patologias diferentes do câncer de vesícula biliar. Portanto, a qualquer sintoma consulte seu médico imediatamente para que a causa possa ser diagnosticada e tratada, se necessário.

Entre em contato


Dicas

Qualidade de Vida é um conceito amplo que inclui bem-esta físico, emocional, social e espiritual. Muitas vezes os tratamentos oncológicos como quimioterapia, radioterapia, cirurgia e hormonioterapia, entre outros, podem causar alguns efeitos colaterais que podem interferir na qualidade de vida do paciente.
É importante que o paciente procure fazer atividades que lhe tragam prazer e o mantenha ativo. Preste atenção se houver muita tristeza, isolamento, sonolência, esquecimento, choro fácil, pois esses sintomas podem sinalizar um quadro depressivo que é comum em pacientes oncológicos.
Mantenha-se em atividade. Em muitos casos não há restrição ao trabalho. Saia com amigos, conviva com sua família e participe de grupos de discussão. Isso tudo te ajudará durante o tratamento.
Dicas

Na Mídia

Programa Entre Nós - Câncer de Cólo de Útero

Vídeos

Blog