Sobre o Câncer de Próstata

Sobre o Câncer de Próstata

Vários tipos de células são encontradas na próstata, mas quase todos os cânceres se desenvolvem a partir das células da glândula. As células da próstata produzem o líquido prostático que é adicionado ao sêmen. O câncer que começa nas células da glândula é o adenocarcinoma.

Outros tipos de cânceres também pode começar na glândula prostática, incluindo sarcomas, carcinomas de pequenas células e carcinoma de células transicionais, mas são muito raros.

Alguns tipos de câncer de próstata podem crescer e se espalhar rapidamente, mas a maioria se desenvolve lentamente. De fato, estudos de autópsia mostram que muitos homens mais velhos, e até mesmo alguns homens mais jovens, que morreram de outras doenças também tiveram câncer de próstata sem que nenhum sinal ou sintoma fosse apresentado. Em muitos casos, nem eles nem seus médicos sabiam da existência da doença.

Fonte: Oncoguia

Comente!

Vivendo com o Câncer de Próstata

Vivendo com o Câncer de Próstata

Para alguns pacientes com câncer de próstata, o tratamento pode remover ou destruir o câncer, mas chegar ao fim do tratamento pode ser estressante. Ao mesmo tempo em que o paciente se sente aliviado com o término do tratamento, fica a preocupação de uma recidiva ou metástase ou ainda com alguns efeitos colaterais como incontinência urinária e impotência . Este é um sentimento muito comum para a maioria das pessoas que tiveram câncer de próstata.

Pode demorar algum tempo até diminuir as incertezas e medos. Mas ajuda saber que muitos pacientes com câncer de próstata, hoje já aprenderam a lidar com esta incerteza e estão vivendo uma vida plena.

Em outros pacientes, o câncer pode não desaparecer completamente. Esses pacientes continuarão realizando tratamentos regulares com quimioterapia, radioterapia ou outras terapias para tentar manter a doença sob controle.

Cuidados no Acompanhamento

Quando o tratamento termina, os médicos irão acompanhá-lo de perto por alguns anos. Por isso é muito importante comparecer a todas as consultas de acompanhamento. Nestas consultas o médico sempre o examinará, conversará com você sobre qualquer sintoma que tenha apresentado, poderá pedir alguns exames de laboratório ou de imagens para acompanhamento e reestadiamento da doença.

Fonte: Oncoguia

Comente!

Causas do Câncer de Próstata

Causas do Câncer de Próstata

A causa exata da maioria dos cânceres de próstata não é conhecida, mas os pesquisadores descobriram alguns fatores de risco e estão tentando entender como esses fatores tornam as células prostáticas em cancerosas.

Nos últimos anos, os pesquisadores começaram a entender como algumas mutações no DNA das células podem fazer com que as células normais da próstata se desenvolvam de maneira anormal formando o câncer. O DNA contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todas as células. Normalmente, as pessoas se parecem com seus pais, porque eles são a fonte de seu DNA. Entretanto, o DNA também pode influenciar o risco de desenvolver certas doenças, como alguns tipos de câncer.

Alguns genes contêm instruções para controlar o crescimento e divisão das células. Os genes que promovem a divisão celular são chamados oncogenes. Os genes que retardam a divisão celular ou levam as células a morte no momento certo são chamadas de genes supressores de tumor. Os cânceres podem ser causados por alterações do DNA que se transformam em oncogenes ou desativam os genes supressores de tumor. Estas alterações genéticas podem ser herdadas de um dos pais, como é o caso das leucemias infantis, ou podem ser adquiridas durante a vida de uma pessoa, se as células do corpo cometerem “erros”, se dividindo para formar duas novas células.

As alterações no DNA podem ser hereditárias ou adquiridas ao longo da vida.

Fonte: Oncoguia

Comente!

Novembro Azul: Mês de Conscientização sobre o Câncer de Próstata

Novembro Azul: Mês de Conscientização sobre o Câncer de Próstata

Estamos em novembro, mês em que o mundo se une em prol da luta contra o câncer de próstata. Mas, qual a importância de discutir o assunto?

Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) mostram que, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre os homens (perde apenas para o câncer de pele não melanoma). As estimativas do INCA, para 2014/2015, são de cerca de 68.800 novos casos de câncer de próstata no país.

O câncer de próstata ocorre principalmente em homens mais velhos. Cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, sendo raro antes dos 40 anos. A média de idade no momento do diagnóstico é de cerca de 66 anos. Desta forma, recomenda-se que a prevenção passe a ser feita a partir dos 45 anos se existe risco elevado para o surgimento do câncer, ou seja, casos de câncer de próstata na família. Se não existem, o homem deve visitar o urologista anualmente a partir dos 50 anos e realizar o exame de toque e de PSA, principais meios para detectar a doença precocemente, quando as chances de cura são maiores e os tratamentos, menos invasivos. Converse sempre com seu urologista sobre o tema, tirando dúvidas e quebrando preconceitos. Lembre-se que a detecção precoce pode salvar a sua vida!

O exame físico (de toque) é realizado pelo médico e dura apenas 10 segundos! Tem como objetivo analisar a consistência da próstata, o tamanho e se existem lesões palpáveis através do reto na glândula. Esse exame ainda gera muita polêmica e, talvez por isso, a conscientização sobre a gravidade da doença seja tão necessária. É preciso acabar com o preconceito que ainda existe em muitos homens.

O exame de toque, junto com o PSA, deve ser feito anualmente, como rotina. É fundamental que todo homem entenda que a saúde deve ser colocada em primeiro lugar, acima de qualquer construção cultural que possa levar ao preconceito.

Fonte: Oncoguia

Comente!

8 Decisões que os Homens podem tomar para Prevenir o Câncer

8 Decisões que os Homens podem tomar para Prevenir o Câncer

  • Não Fume

Segundo estimativas, o tabaco matará mais de um bilhão de pessoas apenas neste século. O fumo pode causar diversos tipos de câncer, entre eles o câncer de pulmão, bexiga, leucemia, entre outros. Se você fuma, é melhor parar! Se precisar de ajuda, existem vários remédios disponíveis para ajudá-lo e tornar essa tarefa menos difícil. (mais…)

Comente!

Quais são os sintomas do câncer de próstata?

Quais são os sintomas do câncer de próstata?

Em estágio inicial geralmente não causa sintomas e é mais frequentemente detectado pelo exame PSA (antígeno prostático específico) ou toque retal.

Em uma fase mais avançada, poderá começar a obstruir a saída de urina manifestando alguns sintomas como, por exemplo, sensação de queimação da uretra ou dor na região entre o ânus e o escroto, seguida ou não de febre e mal-estar. Na grande maioria das vezes, os sintomas estão relacionados à obstrução de urina e pode também estar associada a uma infecção urinária.

Os sintomas mais comuns são:

  • Micção frequente (aumento da frequência urinária).
  • Fluxo urinário fraco ou interrompido.
  • Sangue na urina.
  • Vontade de urinar frequentemente à noite.
  • Sangue no líquido seminal.
  • Dor ou ardor durante a micção.

Alguns cânceres de próstata em estágio avançado podem causar alterações no fluxo urinário, às vezes podendo ocorrer complicações renais devido à obstrução. Mas doenças benignas da próstata, como hiperplasia prostática também causam os mesmos sintomas.

Se o câncer de próstata se disseminou, o homem pode apresentar sintomas como:

  • Dor nas costas, quadris, coxas, ombros ou outros ossos.
  • Perda de peso inexplicada.
  • Fadiga.

Dessa forma, como outras doenças também podem causar esses mesmos sintomas, é importante manter o médico informado sobre qualquer um desses sintomas para que a causa seja diagnosticada e tratada de imediato.

Fonte: Oncoguia

Comente!

Sobre o Câncer de Próstata

Sobre o Câncer de Próstata

Vários tipos de células são encontradas na próstata, mas quase todos os cânceres se desenvolvem a partir das células da glândula. As células da próstata produzem o líquido prostático que é adicionado ao sêmen. O câncer que começa nas células da glândula é o adenocarcinoma. (mais…)

Comente!

Página 1 de 3123

Dicas

O exercício físico traz uma sensação de bem estar, além de ajudar o paciente a se sentir bem e manter o peso durante o tratamento. Esclareça com o seu médico se há alguma restrição no seu caso e que tipo de exercício é recomendado para você.
Procure fazer atividades em que você terá convivência com outras pessoas, isso o(a) ajudará a passar pela fase de tratamento com mais facilidade.
Dicas

Blog