Terapia antineoplásica

A terapia antineoplásica, mais conhecida como quimioterapia, é um tratamento antigo que serve para o tratamento de múltiplos tipos de tumores malignos. A quimioterapia é uma medicação, na sua grande maioria administrada pela veia, que tem como objetivo agir de diversas formas nas células de maneira que elas morram mais rapidamente, ou fiquem inativas e sem função.
Existem vários tipos de quimioterapia, com diferentes tipos de efeitos colaterais, administrados em períodos diferentes e com duração específica. Cada caso, de cada tumor, deve ser individualizado para que o tratamento possa atingir o seu efeito máximo.
Uma das grandes preocupações com a quimioterapia é a queda da imunidade, e isso ocorre pela ação do medicamento sobre as células do sangue que são produzidas em nosso organismo nos ossos. Com o efeito da quimio, as células de defesa, também chamadas de neutrófilos, morrem, e a imunidade diminui, tornando o indivíduo mais suscetível às infecções.
A quimioterapia pode ser administrada em veias periféricas dos braços, mas algumas devem ser administradas via cateteres venosos que são implantados em veias mais profundas.
Hoje em dia é possível controlar bem os efeitos colaterais da quimioterapia, mantendo o paciente ativo com uma boa qualidade de vida durante o seu tratamento.